Entrevista com Bernard, revelação do futebol brasileiro

Entrevista com Bernard, revelação do futebol brasileiro

Internet, Mídia Gols TV, TV

Vagner Lima apresenta a entrevista com Bernard, revelação do futebol brasileiro. O ex-jogador do Atlético-MG, hoje no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, abre o jogo e revela sonhos.

MAIS SOBRE BERNARD, REVELAÇÃO DO FUTEBOL BRASILEIRO

Com uma base forte e contratações pontuais, o Galo iniciou de ótima forma a temporada de 2012. Na disputa do Campeonato Mineiro 2012, logo na primeira rodada, Bernard foi um dos destaques da vitória do Galo sobre o contra o Boa Esporte por 2 X 0, partida esta em que Bernard anotou seu primeiro gol com a camisa do alvinegro.

O campeonato seguiu e Bernard mostrou mais uma vez a que veio, e na segunda rodada marcou o seu segundo gol no campeonato e com a camisa do Galo. O gol foi marcado contra a equipa da Caldense em uma bela cobrança de falta do jovem craque do Galo. Nas rodadas seguintes Bernard seguiu tendo ótimas atuações, mas o melhor, ainda estava por vir. Na finalíssima do Mineiro 2012, Bernard marcou dois gols e sacramentou a vitória por 3 a 0 e a conquista do título em cima do arquirrival América Mineiro.

A afirmação do jovem meia atleticano ocorreu no início do Brasileirão 2012. Com a chegada do meia Ronaldinho Gaúcho e do atacante Jô, formaram um trio decisivo para levar o Atlético Mineiro a vice liderança do Campeonato Brasileiro 2012, e colocar o Galo na Copa Libertadores, campeonato que o Atlético não disputava desde 2000. Com o término do Brasileiro, Bernard ganhou vários prêmios, incluindo o prêmio da CBF, Craque do Brasileirão, onde ganhou na categoria jogador revelação.

Em janeiro de 2013, num estudo realizado pela Pluri Consultoria, Bernard foi avaliado como o 3º jogador mais valioso da Libertadores, possuindo valor de R$39,4 milhões. O atleticano só ficou atrás dos corintianos Alexandre Pato, avaliado em R$57,7 milhões, e Paulinho, que custa R$42,4 milhões.

No dia 14 de março de 2012, Bernard foi pré-convocado para a Seleção Brasileira Sub-23, que disputou os Jogos Olímpicos de Londres em 2012. E foi convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira para os confrontos contra a Argentina no Superclássico das Américas. No dia 14 de maio de 2013 foi convocado para a Copa das Confederações no Brasil, surpreendendo a todos e deixando de fora os experientes Kaká e Ronaldinho.

Fonte: Wikipedia

VEJA MAIS VÍDEOS DO MÍDIA GOLS – ACESSE AQUI

Entrevista com o técnico Carlos Alberto Parreira

Entrevista com o técnico Carlos Alberto Parreira

Internet, Mídia Gols TV, TV

Vagner Lima faz uma entrevista com o técnico Carlos Alberto Parreira, ao lado do jornalista Sandro Borges. O treinador conta detalhes de suas estratégias e comenta a situação do futebol ao redor do mundo.

VEJA MAIS SOBRE PARREIRA

Carlos Alberto Gomes Parreira (Rio de Janeiro, 27 de fevereiro de 1943) é um ex-treinador de futebol brasileiro que participou de Copas do Mundo por cinco seleções diferentes (Arábia Saudita, Brasil, Emirados Árabes, Kuwait e África do Sul). Apesar de ter se aposentado como técnico, é atualmente coordenador técnico da Seleção Brasileira.

Parreira é conhecido nacional e mundialmente pelas conquistas da Copa do Mundo de 1994, ao lado de Zagallo, do Campeonato Brasileiro de 1984 com o Fluminense e a Copa do Brasil de 2002, com o Corinthians.

Com a demissão de Mano Menezes do cargo de treinador da Seleção Brasileira após o último jogo do ano de 2012 (a conquista do Super Clássico das Américas contra a Argentina em Buenos Aires), a CBF contrata o pentacampeão de 2002, Luiz Felipe Scolari, para o seu lugar. A condição imposta por Felipão para aceitar o cargo é a da também contratação de Carlos Alberto Parreira como coordenador-técnico. Na primeira coletiva de ambos em suas novas funções, em 29 de novembro de 2012, Felipão afirmou que pretende discutir suas ideias com Parreira e que este colabore em todas as principais atribuições do treinador, com a intenção de que a nova Seleção Brasileira seja, justamente, uma combinação dos diferentes estilos de ambos os técnicos. Parreira confirmou seu papel de colaborador, mas deixou claro que a última palavra será sempre a de Luiz Felipe Scolari.

Fonte: Wikipedia 

VEJA MAIS VÍDEOS DO MÍDIA GOLS – ACESSE AQUI

Seleção Brasileira na Bahia atrai torcedores

Seleção Brasileira na Bahia atrai torcedores

Internet, TV, TV iG

A Seleção Brasileira na Bahia faz a festa dos torcedores. Vagner Lima acompanha de perto esta euforia no estádio de Pituaçu, com a história de um jogo e uma reportagem de bastidores.

MAIS SOBRE A SELEÇÃO BRASILEIRA NA BAHIA:

O Estádio Governador Roberto Santos, mais conhecido por Estádio de Pituaçu, é um estádio de futebol localizado no bairro de Pituaçu, em Salvador, de propriedade do Estado da Bahia. Possui uma capacidade para 32.157 espectadores (depois da reforma e ampliação) e já foi palco de grandes jogos.

O Estádio ganhou o prêmio de melhor gramado da Série B de 2010 concedido pela Confederação Brasileira de Futebol.

O Estádio de Pituaçu é um dos estádios baianos candidatos a centro oficial de treinamento durante a Copa do Mundo FIFA de 2014, uma vez que a Arena Fonte Nova receberá os jogos.

Houve também a realização de uma partida da Seleção Brasileira válida pelas Eliminatórias para a Copa de 2010. A partida foi contra a Chile no dia 9 de setembro de 2009. A Seleção brasileira, jogando com os reservas e o baiano lateral direito Daniel Alves, que atuou no meio-campo, fez 4 a 2 no Chile.

VEJA MAIS VÍDEOS E REPORTAGENS DE VAGNER LIMA NO YOUTUBE – ACESSE AQUI

Entrevista com Zé Roberto Guimarães do vôlei

Entrevista com Zé Roberto Guimarães do vôlei

Internet, TV, TV iG

Vagner Lima faz uma entrevista com Zé Roberto Guimarães, técnico da Seleção Brasileira feminina de vôlei. Nesta exclusiva para a TV iG, o treinador conta detalhes sobre a preparação do time para a Olimpíada.

MAIS SOBRE ZÉ ROBERTO GUIMARÃES:

José Roberto Lages Guimarães (Quintana, 31 de julho de 1954) ou simplesmente Zé Roberto, é um ex-jogador de vôlei e atual técnico da Seleção Brasileira de Voleibol Feminino. Considerado legendário pela Federação Internacional de Voleibol, é o único técnico no mundo campeão olímpico com seleções de ambos os sexos: a seleção masculina em Barcelona 1992 e a seleção feminina em Pequim 2008 e Londres 2012. Único tricampeão olímpico do esporte brasileiro, ele também é formado em Educação Física.

Nascido no estado de São Paulo, começou sua carreira no mundo do voleibol nos anos 70, quando atuou como jogador entre os anos de 1969 e 1981. Defendeu vários times brasileiros e também atuou no badalado voleibol Italiano. Além disso defendeu a Seleção Brasileira de Voleibol Masculino em Montreal 1976. Depois de atuar como jogador durante anos, José Roberto iniciou sua carreira como assistente técnico de Bebeto de Freitas em 1988. Nos anos 90 começou a treinar equipes nacionais femininas entre os anos de 1989 e 1991.

A partir do ano de 1992 José Roberto começou a treinar equipes nacionais masculinas. Daí surgiu a oportunidade de comandar a Seleção Brasileira de Voleibol Masculino, onde conquistou os resultados mais expressivos do voleibol masculino brasileiro como a medalha de ouro na Olimpíadas de Barcelona em 1992 e dentre outros títulos de Liga Mundial, Sul-americano e Copa do Mundo de Voleibol. José Roberto permaneceu na Seleção Masculina até a Olimpíada de Atlanta em 1996. Depois disso deixou de trabalhar com o voleibol e virou gerente de futebol no Corinthians.

Em 2000 José Roberto volta a ser técnico de voleibol pela equipe feminina do Osasco onde conquistou vários títulos estaduais, nacionais e internacionais, além de três títulos da Superliga.

No ano de 2003, ele assumiu a Seleção Brasileira de Voleibol Feminino, promovendo uma renovação. Conquistou inúmeros títulos como Grand Prix, Sul-americano, Montreux Volley Masters e Copa dos Campeões. Mas também acumulou alguns fracassos como o da Olimpíadas de Atenas de 2004, Campeonato Mundial de Voleibol de 2006 e Jogos Pan-americanos de 2007. Em 2008, José Roberto conquista o heptacampeonato do Grand Prix e a primeira medalha de ouro olímpica do voleibol feminino brasileiro.

Em Londres 2012, José Roberto se tornou o primeiro técnico de voleibol do mundo a conquistar três medalhas de ouro olimpicas: uma no masculino e duas no feminino. O time brasileiro comandado por ele, após um início de competição difícil – na fase de grupos a seleção não foi bem e quase ficou de fora da etapa de chaves – chegou à final batendo os EUA por 3×1. O primeiro set foi vencido pela seleção norte- americana por 25 a 11, mas a Seleção Brasileira virou o jogo vencendo os 3 sets seguintes e garantindo a medalha olímpica de ouro.

Fonte: Wikipedia

VEJA MAIS VÍDEOS E REPORTAGENS DE VAGNER LIMA NO YOUTUBE – ACESSE AQUI